sábado, 2 de janeiro de 2010

Meu ano novo

Alguns parentes vieram aqui para a passagem do ano. Não foi ruim como eu esperava, até que o clima estava legalzinho. Mas o destaque foi a hora da passagem: Todo o pessoal foi para a calçada ver fogos e cumprimentar vizinhos e eu fiquei dentro do quarto dos meus pais com os gatos, que estavam lá presos. Fiquei das 11h55 até 0h20, mais ou menos, com o Teo no colo, judiação. Nunca vi o bichinho assim tão assustado! Ele estava paralisado de medo! Foi de partir o coração. Ao mesmo tempo fiquei muito feliz por poder ficar com ele amenizando seu medo. Coitadinho. Meu colo realmente fez diferença para ele, pois enquanto estava sozinho ele ficava miando, chorando, colocando o bracinho por baixo da porta, desesperado. Comigo ficou assustado, mas quietinho.

Mas eu tenho vários gatos, certo? Foi assim: o Basílio [Basilão para os íntimos] nem se deu conta do que estava acontecendo. Ficou deitadão sossegado. Gato estranho! Eu até olhava de vez em quando para ver se ele estava respirando. A Rebecca ficou mais ou menos. Se assustava um pouco quando o barulho era mais perto, mas no geral estava mais tranquila. O pequenininho, Bruce - Zorêia - Pirulito, estava brincando de morder coisas. Ligou muito pouco. Todos outros ficaram embaixo da cama. Desconsiderando a situação péssima que os levaram para lá, estava até bonitinho de se ver. Tadinhos. Mas realmente foi de partir o coração.

Fiquei com meus parentes este ano porque meu namorado foi para o interior com os parentes e eu não pude ir. Como amanhã começam as provas da segunda fase, não queria correr o risco de não chegar a tempo. Fora isso, aproveitei para estudar um pouco. Foi bom ter ficado para estudar, agora eu realmente sei que não vou passar este ano de jeito nenhum. Peguei algumas questões do ano passado e não consegui resolver NENHUMA. Deu até desespero. Mas depois entendi [com ajuda do meu namorado e do meu pai] que eu não devo me sentir assim tão mal. Eu larguei o cursinho na metade e não estudei o que tinha que estudar nem quando ainda frequentava as aulas. Assim realmente não dá, né? Então tudo bem. Vou me matricular no cursinho novamente e arrumar um trabalho para pagar as despesas. Começar tudo de novo... Alguém tem um emprego aí só de fim-de-semana para oferecer?


Antes que eu me esqueça: Espero que 2010 seja bem melhor para todo mundo legal. Que seja perfeito, ou o mais próximo possível disso, para todos os animais. E principalmente que todo mundo receba em dobro o que faz aos outros.