terça-feira, 21 de abril de 2009

Pedido de desculpas

Preciso pedir desculpas à minha tia. Claro que ela não lê meu blog, mas minha consciência precisa se desculpar. Meus pais foram pedir a gatinha, como dito no post anterior, e contaram o motivo [a tentativa de largá-la numa pracinha e a promessa de largá-la num parque], e minha tia ficou horrorizada, disse que nunca, jamais, em hipótese alguma faria uma coisa dessas. Ficou louca da vida e disse que não sabia de nada disso que a empregada tinha falado para os meus pais. Disse: "Vocês acham que eu pegaria um bichinho da rua para depois jogá-lo de volta? Claro que não!". Um alívio. Mas e a imbecil da empregada? Espero que minha tia tenha dado uma bela duma bronca nela por ter feito uma coisa terrível dessas sem minha tia nem ficar sabendo. Meus pais têm certeza de que ela não estava brincando quando disse o que tinha feito e o que ainda faria. Cretina.

Resultado: Sei lá. Minha tia disse que sempre que pega um bichinho temporariamente acaba ficando com ele em definitivo. Sempre foram cachorros, e esta primeira gatinha encantou muito minha tia. Ela já está toda bobona com a gata! Então acho que ela está estudando ainda nossa oferta de ficar com a bichinha. Confesso que fiquei meio triste, pois já estava toda contente com a ideia de ter mais uma bichinha doidinha para brincar. Mas claro que também fico contente por saber que minha tia não tem intenções ruins com a gatinha. O que pesa para que minha tia nos dê a gata é o cachorro, que fica do lado de fora babando na pequena. Ou ela dá um jeito nisso ou dá a gata para a gente!

Não vou torcer para a gata vir para minha casa. Quero apenas que ela fique bem, onde quer que seja. E agora estou mais confiante nisso =]

Agora eu sei que eu tenho o mesmo sangue "dessa gente". E como comentário adicional, ainda digo que, quando criancinha, eu tinha a mesma cara dessa minha tia. E ainda tenho o nome dela - o meu segundo é o primeiro dela.

10 comentários:

Claudinha disse...

Marianne!

Bom, pelo menos, sua tia não é má, como conta a doida da empregada...

Que bom que vc gostou dos produtos da lojinha... a carinha dos coelhos fiz mais delicada que na foto.. achei que ficaria melhor... vai ficar com um é? rs

Eu que agradeço!
beijossss

Pepe disse...

Bem!!! Empregada estupida!!!

Vamos ver como acaba esta novela!! :) Estamos ligados deste lado!!

Marradinhas!!!

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Tem gente que se diverte fazendo terrorismo, né. Bom pelo menos você foi sincera nos seus sentimentos. Beijos

disse...

ah, que bom! menos mal, né? tem cada gente idiota por aí...

Gata Lili disse...

Marianne,
Seu blog está citado na historinha que fiz em homenagem aos blogs de gato. Leia lá no meu blog!

MP disse...

Como professora, sempre digo que em tudo podemos aprender alguma coisa, não é mesmo? O bom é assumir que erramos e tocar para frente. (ah, e todo mundo sabe que em família, a gente vive em tapas e beijos mesmo! hehehehe)

Mas de tudo, a pergunta fica: ainda tem lugar para o 13o bebe de gato?

beijos!

Marianne disse...

Lugar sempre tem, Maria Paula! Eu já cheguei a ter 18 gatos em casa =]

Andrea Sassaki disse...

Marianne, cada uma, não? Agora, quem vai dar a mão a palmatória e dizer logo a verdade? Sabe, não botei muita fé na sua tia, pra falar a verdade.
Mas, vamos ficar de olho, não é?
Fé, amiga!
Beijocas!

Andrea Sassaki disse...

Espero, de dedos cruzados , que a gatinha vá para sua casa. Ou que seja cuidada com amor e carinho na casa de sua tia.....
Estamos de olho!
Bjs!

Gisa disse...

Oi garota, acabei de ler todo o teu blog e vou incluí-lo em minha lista de leituras. Eu sou daquelas que acham que sempre há lugar para mais um se for para tirá-lo de uma situação de risco: que o digam meus miados mil! Que a gatinha seja muito feliz. Bjs